quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

PRAIA DO PAIVA

Praia do Paiva 
Praia  do PAIVA a 46 quilômetros de Recife fica no município de Cabo de Santo Agostinho. 


Com areia branca, mar agitado por sinal muito agitado e vegetação nativa de mata Atlântica misturada com uma bela vista dos seus coqueirais.
Também é muito conhecida por suas ondas são enormes é
Encantadora!!!
A PONTE DO PAIVA 1º pedágio de Pernambuco
Foto do google

A Ponte do Paiva e a estrada Via Parque formam o sistema viário responsável pelo acesso à Praia do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho. 
 A ponte, com 320 metros de extensão, foi erguida por cima do Rio Jaboatão, ligando as cidades de Jaboatão dos Guararapes e Cabo. Já a rodovia, de 6,2 quilômetros, cruza todo o Paiva. Constituem a primeira Parceria Público-Privada de Pernambuco. Os motoristas que se dirigirem à Reserva do Paiva por elas pagarão, em dias úteis, R$ 3,60 de pedágio (taxa que dá o direito de passagem e que visa ressarcir os custos de construção e manutenção). Nos finais de semana e feriados, o preço cobrado  de R$ 5,50.(JCONLINE)



Apesar de cortar toda a Reserva do Paiva, a estrada não será de uso exclusivo dos moradores dos condomínios. O primeiro deles, o Morada da Península, com 66 casas, já está pronto e entregue aos seus proprietários. As mansões estão avaliadas entre R$ 1,5 milhão e R$ 4 milhões e tiveram pernambucanos como maiores compradores. A segunda fase do empreendimento, o condomínio Vila dos Corais, foi lançado oficialmente em março 2010 e é formado por 132 apartamentos, que custarão entre R$ 1,48 milhão e R$ 3,4 milhões. Juntas, as duas etapas iniciais demandaram R$ 270 milhões em investimentos.(jconline)
Reserva do Paiva


Toda a Reserva tem 526 hectares, com 8,6 quilômetros de faixa de praia. O megacomplexo pertence a outra empresa subsidiária da Odebrecht – a Odebrecht Realizações Imobiliárias – e aos grupos Cornélio Brennand e Ricardo Brennand. Além de empreendimentos habitacionais, contará com hotéis de luxo, edifícios empresariais e até campo de golfe.

Se você tiver em torno de 4 milhões pode escolher a sua!!!

Inicialmente, a primeira fase do Reserva do Paiva foi pensada para cair no gosto e no bolso dos europeus em busca de segunda moradia em lugares paradisíacos do planeta e que alimentavam o turismo local. Miravam-se especialmente portugueses e italianos. Para dar mais estofo ainda ao projeto, um time de cinco arquitetos renomados assinou a planta das casas. Entre eles estava Acácio Gil Borsoi, um dos mais respeitados expoentes do urbanismo brasileiro, que faleceu no ano passado. Na hora da venda, no entanto, ocorreram duas surpresas. A crise abateu-se sobre a União Européia e os endinheirados do primeiro mundo escassearam. Ao mesmo tempo, a economia brasileira reagiu rapidamente aos percalços globais. Os negócios no Nordeste, que já iam bem, ficaram ainda melhores e os próprios pernambucanos arrematam as casas de luxo.

Luxo ecológicamente correto
O Reserva do Paiva não é apenas um lugar com luxos como campo de golfe, centro hípico e academia de tênis. É referência em sustentabilidade e novas propostas de negócios. O terreno onde o bairro está sendo erguido pertence à família Brennand, uma das mais tradicionais do estado. Os Brennand não queriam simplesmente se desfazer da área por um bom preço e buscaram alternativas de investimentos que não descaracterizassem as belezas do lugar. Os grupos Cornélio Brennand e Ricardo Brennand trabalharam em parceria com a OR na concepção do projeto e são sócios não apenas no bairro, mas também da infraestrutura do entorno. A ponte e a estrada que dão acesso ao Reserva do Paiva foram construídas por meio da primeira parceria público-privada do país no setor rodoviário e são pedagiadas. (dois últimos parágrafos
fonte)
Sem palavras lugar extremamente bem estruturado e maravilhoso!!!

2 comentários:

Anônimo disse...

realmente isso que é um paraíso fiquei encantado com tanta beleza natural. espetáculo

Tarciana Albuquerque disse...

Pernambuco é lindo é maravilhoso!!!
EU AMO PERNAMBUCO!!!